Funcionários da Febem de Franco de Rocha exigem segurança

Funcionários da unidade da Fundação Estadual do Bem-estar do Menor (Febem) de Franco da Rocha, na Grande São Paulo, estão reunidos em frente do prédio e ameaçam não trabalhar hoje. Segundo informações da Rádio CBN, o presidente do sindicato dos funcionários da (Febem), Antônio Gilberto da Silva, informou que cerca de 80 agentes da unidade exigem melhores condições de trabalho e segurança. Eles aguardam uma resposta da direção da Febem. A assessoria de imprensa da instituição informou que uma equipe já está no local para negociar com os funcionários.Ontem, 109 internos fugiram pela porta dos fundos da unidade de Franco da Rocha. Em seguida, foi iniciada uma rebelião e dez funcionários foram mantidos reféns. O motim terminou com dois vigilantes feridos. Até esta manhã, 49 menores que escaparam ontem foram recapturados pela polícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.