Funcionários da Sabesp aceitam reajuste e encerram greve

Os funcionários da Sabesp decidiram nesta quinta-feira, em assembléia, aprovar a proposta de reajuste salarial feita pela companhia e encerrar a greve iniciada nesta quarta.O secretário de Energia e Recursos Hídricos do Estado e presidente da Sabesp, Mauro Arce, ofereceu 14,45% de reajuste salarial com repasse aos benefícios; cesta básica de R$ 85,00; PLR de uma folha de pagamento; e garantia no emprego de 98% do efetivo. A empresa não descontará os dias parados de quem participou da greve.Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Água e Meio Ambiente (Sintaema), 95% dos funcionários aderiram à paralisação. A assembléia desta quinta reuniu centenas detrabalhadores na frente do prédio da companhia na Ponte Pequena.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.