Funcionários da Saúde entram em greve em SP

Os funcionários de 10 Unidades Básicas de Saúde de São Paulo deram início a uma greve na manhã de hoje. Segundo o sindicato dos Trabalhadores Públicos de Saúde do Estado de São Paulo (Sind-Saúde), estão parados os funcionários que são do Estado de São Paulo e que passaram a atender em unidades do município no início do ano passado. O motivo é o atraso no pagamento de gratificação pela municipalização do serviço, que corresponde a 40% do salário dos trabalhadores.De acordo com o Sind-Saúde, como a Secretaria Municipal da Saúde não efetuou os depósitos, que estavam prometidos para hoje, os funcionários farão uma manifestação em frente à secretaria, na rua General Jardim, região central da capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.