Funcionários da TAM são presos com droga em Foz do Iguaçu

A PM apreendeu 7,5 quilos de crack com eles; droga estava em um carro e embalada em balões de festa

Evandro Fadel, do Estadão

20 Outubro 2007 | 14h15

A Polícia Militar apreendeu 7,5 quilos de crack com dois funcionários da área de inspeção de cargas da TAM Linhas Aéreas, que trabalham no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Eles foram detidos em uma operação de rotina, na manhã deste sábado, 20, no bairro Marumbi. A droga estava em um carro e embalada em balões de festa.   De acordo com a polícia, os dois homens estavam uniformizados e com crachá de identificação da companhia aérea. A assessoria de Imprensa da TAM Linhas Aéreas confirmou nesta tarde que as duas pessoas presas são realmente funcionários da empresa. No entanto, ainda não pode fazer qualquer comentário, pois aguarda informações da polícia, visto que eles foram detidos fora de horário do expediente.     Os dois foram presos em flagrante por tráfico de drogas e não tiveram as identidades divulgadas pela polícia. Eles foram levados para a delegacia da 6ª. Subdivisão da Polícia Civil, em Foz do Iguaçu.   Segundo a polícia, um deles afirmou que esta seria a segunda vez que transportaria droga para São Paulo, utilizando aviões da empresa, e que receberia R$ 1 mil. Ele não forneceu detalhes, no entanto, sobre a pessoa que receberia a encomenda.    Ainda de acordo com a polícia, o outro preso disse desconhecer as atividades do colega.   Texto atualizado às 16h16

Mais conteúdo sobre:
TAM drogas prisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.