Funcionários de Congonhas e Cumbica fazem greve parcial

Os funcionários dos aeroportos de Congonhas e Cumbica vão paralisar parcialmente suas atividades por 48 horas a partir da zero hora de terça-feira nos aeroportos.A Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) informou que a greve da categoria será parcial e que, portanto, os dois aeroportos funcionarão normalmente. Segundo informou o Sindicato Nacional dos Empregados em Empresas Administradoras de Aeroportos (Sina), as principais reivindicações da classe são o reajuste salarial de 37,4%; a implantação de um plano de carreiras, cargos e salários; e o fim do processo de terceirização, com a convocação imediata dos concursados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.