Funcionários de empresa de ônibus de SP voltam ao trabalho

Motoristas e cobradores de ônibus do Consórcio Sambaíba de São Paulo voltaram ao trabalho na manhã desta segunda-feira, 13, de acordo com a SPTrans, empresa que administra o transporte coletivo na capital paulista. No início da madrugada, eles paralisaram as atividades em protesto contra demissões e outras punições que estariam sendo impostas pela empresa. Com isso, os 233 ônibus que cumprem 22 itinerários entre a zona norte e a região central de São Paulo não saíram da garagem, que fica na Vila Amália. No entanto, após reunião entre representantes da categoria e os patrões, foi firmado um acordo, cujos termos ainda não foram divulgados. Por volta das 6h45, os ônibus da empresa voltaram a circular normalmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.