Funcionários do Centro de Zoonoses de SP entram em greve

Cerca de 70% dos agentes do Centro de Controle de Zoonoses de São Paulo cruzaram os braços no início da manhã desta quarta-feira, 31. Os 28 centros de supervisões espalhados pela cidade tiveram seus trabalhos afetados, principalmente no controle da dengue e da leptospirose, de acordo com informações da Rádio Eldorado AM. Além do controle dessas doenças, os agentes ajudam a combater focos de pernilongos, de ratos e outras pragas. Os funcionários pedem à Secretaria Municipal de Saúde acordo salarial e reestruturação da carreira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.