Funcionários em greve invadem prédio no Pará

Cerca de 300 grevistas que participavam da passeata organizada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Pará, invadiram nesta sexta-feira o prédio da Companhia de Energia do Estado do Pará (Celpa). Eles picharam paredes, muros e carros, arrombaram portas e quebraram vidraças.O grupo, que incluía estudantes, sem-terra e sindicalistas da CUT, protestava contra o racionamento de energia e a corrupção e pedia aumento salarial para os servidores federais.O objetivo do ato era chegar até o centro de operações da Celpa. Dois funcionários da empresa e um manifestante se feriram. Os dois funcionários estão hospitalizados. Cerca de 50 pessoas trabalhavam na empresa na hora da invasão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.