Funcionários que trabalham na duplicação da Rodovia dos Tamoios entram em greve

Operários paralisaram os serviços da estrada, um dos principal acessos ao litoral norte, na manhã desta terça-feira, 10, quando estava prevista a visita do governador Geraldo Alckmin

Reginaldo Pupo, Especial para o Estado

10 Setembro 2013 | 12h55

SÃO PAULO - Funcionários que trabalham na duplicação da Rodovia dos Tamoios (SP-99), principal acesso ao litoral norte do Estado de São Paulo, entraram em greve e paralisaram os serviços na manhã desta terça-feira 10, quando estava prevista a visita do governador Geraldo Alckmin (PSDB) à pista para a entrega de um novo trecho concluído da obra.

As obras foram paralisadas às 5h quando os funcionários interditaram a pista nos dois sentidos, na altura do km 22, em Jambeiro, perto do posto da Polícia Rodoviária Estadual. Com o protesto, o evento de inauguração foi cancelado e o governador não compareceu à cerimônia.

Mais conteúdo sobre:
tamoiosgreve

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.