Funcionários retiram documentos do prédio da Eletrobrás

Funcionários da Eletrobrás estão no prédio incendiado para recuperar documentos em andares não afetados pelo fogo. O gerente da área de Relações com Investidores Arlindo Castanheira contou que veio apanhar disquetes com informações necessárias ao seu trabalho. Ele e outros funcionários foram transferidos para prédio da Eletronuclear, que fica próximo ao da Eletrobrás, no centro do Rio. Sérgio Almeida, assessor do diretor de Projetos Especiais, José Drummond Saraiva, também está no grupo que subiu o edifício. "É difícil para qualquer um, porque é a nossa casa que pegou fogo?, disse ele. ?É um momento de tristeza, mas não vai ser um incêndio destes que vai impedir nosso trabalho".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.