Fundação mantém costume inglês, ao lado de bares e até do Terraço Itália

Apesar de ter saído da moda, o tradicional chá da tarde continua como uma opção que agrada a muitos paulistanos. Tanto que algumas casas mantêm essa alternativa no cardápio. É o caso da Fundação Maria Luísa e Oscar Americano, que há quase duas décadas serve o chá inglês num dos salões da mansão, construída por Oswaldo Arthur Bratke em 1950. Veja os endereços que podem atrair em São Paulo pela vista, pelas instalações ou pelo cardápio. AS NOVIÇASEspecializada em chá colonial, a casa ganhou fama na década de 80, por vestir todos as funcionárias de noviças. Daí o nome. Conta com 60 tipos de chá. Av.Cotovia, 611, Moema, tel.: 5561-3513; de terça a domingo, das 15 horas às 22h30 (com exceção de sábado, que fecha às 23h30). R$ 29,90 por pessoa.BRAVERIE CAFÉPrepara menu com pães variados, frios, geléias, granola, muffies, cookies, iogurtes, frutas, sucos, waffles e bolos. Rua Joaquim Antunes, 48, Jardins, tel.: 3082-6644; a partir das 16 horas. Segunda e terça, fecha às 20 horas; de quarta a domingo, à meia-noite. R$ 38. Reservas com 24 horas de antecedência. FUNDAÇÃO MARIA LUISA E OSCAR AMERICANOO cardápio fixo tem chá, chocolate, suco, brioches, croissants, pãezinhos, salgados, torradas, torta de limão e bolo de frutas e de chocolate. Avenida Morumbi, 4.077, Morumbi, tel.:3742-0077; de terça a domingo, das 10 às 17 horas. R$ 40, mais ingresso (R$10). TERRAÇO ITÁLIAChá com torrada (R$ 4) com acompanhamentos à la carte. Avenida Ipiranga, 344, 41º andar, centro, tel.: 2189-2929; diariamente, a partir das 15 horas. Paga-se mais R$ 15 de entrada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.