Funkeira Verônica Costa prestará depoimento na próxima segunda-feira

Ex-vereadora é acusado de ter torturado o marido, por desconfiar de que ele teria uma amante; ele está internado desde ontem com queimaduras de segundo grau pelo corpo

Central de Notícais,

24 de fevereiro de 2011 | 17h08

SÃO PAULO - A funkeira e ex-vereadora Verônica Costa, acusada de ter torturado o marido, dará um depoimento sobre a ocorrência na próxima segunda-feira, 28. Verônica deverá comparecer à 42ª DP do Rio de Janeiro, no bairro do Recreio.

 

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, outras pessoas devem depor na segunda-feira, mas os nomes ainda não foram definidos. A delegada que cuidava do caso está deixando o cargo e quem vai assumir é o delegado Cley Biagio Catão. Ele quem decidirá as pessoas que também darão depoimento na próxima semana.

 

Márcio Costa, marido de Verônica, prestou queixa contra ela na noite de terça-feira, 22. A violência teria sido motivada por uma desconfiança de Vanessa que ele teria uma amante. Na quarta-feira, 23, ele deu entrada no Hospital Pasteur, no Meier, na zona norte da cidade. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, Márcio está internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) e tem queimaduras de segundo grau no rosto, corpo, perna, abdome e tórax, porém seu estado de saúde é estável.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.