Furukawa deve ser ouvido na CPI do Tráfico nesta terça

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico de Armas deverá ouvir nesta terça-feira o ex-secretário de Administração Penitenciária de São Paulo Nagashi Furukawa. O trabalho da CPI foi prorrogado por mais 60 dias, já que deveria ser encerrado nesta segunda-feira. O depoimento de Furukawa, marcado para semana passada, mas adiado para esta terça, é considerado importante porque o ex-secretário estava no cargo quando o Primeiro Comando da Capital (PCC) fez uma série de ataques contra bases da polícia e rebeliões em diversos presídios, durante o mês de maio. Os atentados resultaram na morte de mais de 100 pessoas e a crise culminou com a saída de Furukawa da secretaria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.