Futebol entre amigos termina em assassinato

Um passeio de domingo terminou em tragédia. Um grupo de amigos das cidades paulistas de São José dos Campos e Jacareí alugou um ônibus de excursão e foi até o balneário de Piracuama, na cidade de Pindamonhangaba, para passar o dia. O grupo dividiu-se em dois times para uma partida de futebol, mas uma briga interrompeu o jogo. Um dos participantes, Ramalho Brito de Lucena, de 26 anos, foi contido por alguns colegas enquanto outro jogador foi até o ônibus buscar um revólver. Rodolfo Venceslau Fernandes, de 26 anos, voltou e disparou um tiro, à queima roupa, fugindo em seguida. A polícia militar foi acionada e cercou o local.Três envolvidos na briga, acusados de segurar a vitima, foram presos em flagrante. No ônibus, três revólveres foram encontrados, um deles, escondido dentro da panela com as carnes que estavam sendo preparadas para um churrasco. Segundo a polícia, a arma foi escondida pela irmã do assassino, Hermínia Venceslau Fernandes, que também foi presa.Rodolfo Venceslau Fernandes, o autor do disparo, foi detido duas horas depois tentando pegar um ônibus no Terminal Rodoviário de Taubaté. Alexandre Marques Costa, de 22 anos, Kleber Junior Rodrigues, de 21 anos e Luiz Adriano Correa Lima, de 22 anos estão detidos no Centro de Detenção Provisória de Taubaté.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.