Futuro da lei será decisivo na disputa do Distrito Federal

Ficha limpa virou tema central da campanha entre os dois principais candidatos ao governo do Distrito Federal. O petista Agnelo Queiroz tem usado o horário eleitoral para chamar Joaquim Roriz (PSC) de ficha-suja e afirmar que ele foi impugnado pelo TRE.

Marcelo de Moraes, O Estado de S.Paulo

23 de agosto de 2010 | 00h00

Roriz pediu direito de resposta, alegando má-fé e uso de informações "mentirosas". Na prática, o futuro da Lei da Ficha Limpa será decisivo no DF. Derrotado no TRE, Roriz se mantém na campanha graças a recursos aos tribunais superiores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.