Fuzileiros são assassinados por traficantes no Rio

A polícia do Rio investiga o assassinato, ocorrido na madrugada desta terça-feira, 16, de dois fuzileiros navais por traficantes da favela Boogie-Woogie, na Ilha do Governador, zona norte da cidade.Felipe Vieira Pereira e Elias Antonio Alves, ambos de 18 anos, foram mortos com vários tiros na cabeça. Policiais disseram que os traficantes mataram os jovens porque eles namoravam duas moças do morro. "Eles não gostam de gente de fora", afirmou o coronel Roberto Lima, comandante do 17º Batalhão da PM (Ilha). Felipe morava no bairro de Guadalupe. Elias, no município de Guapimirim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.