Gabeira retoma ideia da aliança com Cesar Maia

Após três semanas de impasse, PV, PSDB, DEM e PPS devem anunciar a retomada da coligação em torno da candidatura de Fernando Gabeira (PV) ao governo do Rio, em oposição ao governador Sérgio Cabral (PMDB). Contornados os desentendimento entre verdes e democratas, foi descartada a saída do DEM da chapa de Gabeira.

Luciana Nunes Leal / RIO, O Estado de S.Paulo

27 de abril de 2010 | 00h00

"A proposta é fazer a aliança dos quatro partidos para governador", afirmou Gabeira ontem. Antes, o deputado dizia que seus eleitores resistiam à presença do ex-prefeito Cesar Maia, candidato ao Senado pelo DEM. Segundo ele, prevaleceu a ideia de que é mais importante uma coligação competitiva para enfrentar o poderio do PMDB no Estado.

O acordo resolve o problema do pré-candidato do PSDB à Presidência, José Serra, que corria o risco de ter palanque frágil no terceiro colégio eleitoral do País. Embora Gabeira faça campanha para a senadora Marina Silva (PV) na disputa presidencial, tucanos lutavam pela aliança oposicionista. O candidato a vice de Gabeira será o ex-deputado Márcio Fortes (PSDB).

Ficha limpa. Segundo Gabeira, os partidos vão adotar o critério do projeto ficha limpa. Quem tenha sido condenado por tribunais de segunda instância não poderá ser candidato por nenhuma das legendas da coligação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.