Gabriel, de um ano e dois meses, não recebeu transplante

O menino Gabriel Barbosa Machado, de apenas 1 ano e dois meses, que receberia um fígado na noite de quinta-feira, 21, não foi operado, segundo boletim do Hospital do Câncer, onde está internado.O menino recebeu a doação do fígado de um jovem de 19 anos, que morreu na noite de quinta-feira no Hospital das Clínicas, e seria operado às 22 horas, mas devido a algumas características do órgão, não foi possível a realização do transplante para Gabriel, com isso o órgão foi doado a um adulto.Gabriel já havia perdido a chance de um transplante de fígado no último dia 7 de dezembro, devido à crise aérea em todo o País. O vôo que trazia o órgão compatível de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, atrasou cinco horas e a cirurgia não pôde ser realizada.Entre as 3.915 pessoas que aguardam um fígado no Estado de São Paulo, Gabriel ocupava o quarto lugar na fila. A ordem respeita a gravidade do paciente. Por isso, ele não recebeu o órgão da menina Milena, 3 anos, que morreu depois de entrar em coma por ter recebido uma anestesia local para extrair um dente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.