Garçom é acusado de matar mulher com 13 facadas

O garçom Nocir Sebastião Nunes Espindola, de 26 anos, é procurado pela polícia acusado de matar, com 13 facadas, a atendente Rosangela Durante Delalibera, de 24 anos. O crime aconteceu na rua Guapore, 292, no Pari, onde Nocir e Rosangela moravam juntos. O garçom teria fugido logo após o crime. Segundo as primeiras informações o crime foi motivado por ciúmes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.