Garis apagam pichação no Pão-de-Açúcar

Quatro garis da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) passaram todo o dia de hoje a 95 metros de altura, apagando uma pichação feita no costão do Morro da Urca, no Pão-de-Açúcar. O trabalho foi acompanhando pelo pichador, o estudante Eduardo Costa, que, por ser torcedor do Botafogo, pintou o símbolo do clube na pedra, com tinta branca. Ele se disse arrependido e ajudou na limpeza.Os garis, que passaram por curso de alpinismo, utilizaram 300 litros de água e removedores químicos de tinta para retirar a pichação. Eles permaneceram na pedra das 7h até o fim da tarde. O trabalho foi dificultado do pelo calor intenso, que esquentou muito a superfície da pedra. A altura a que a pichação foi feita tornou lento o transporte do material de limpeza.A estrela solitária do Botafogo foi pintada por Eduardo Costa em 1997, quando o clube foi campeão carioca de futebol, mas a pichação só foi descoberta pela Comlurb em janeiro deste ano. Então com 17 anos, o rapaz - que escreveu seu nome em cima do símbolo - disse que não sabia que estava cometendo um crime ambiental.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.