Garota de 12 anos viaja no Sucatão e fica perdida em SP

A garota Amanda Pargas, de 12 anos, foi mais uma vítima do caos nas operações da TAM no período de Natal. Depois de embarcar no Aeroporto Tom Jobim no domingo desacompanhada dos pais, ela só foi localizada pela TAM na segunda-feira no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica - e, ainda assim, graças a um casal de passageiros. Depois de esperar duas horas no Rio para pegar um vôo com destino a Miami (EUA), ela foi realocada para o Boeing 707 da FAB, o Sucatão. Apesar de usar uma placa de identificação, nenhum funcionário da companhia aérea a aguardava no aeroporto, conforme determina o Juizado de Menores. A TAM informou que a garota desceu do Sucatão em São Paulo, quando deveria ter permanecido no avião. A companhia disse ainda que, tão logo Amanda foi encontrada, deslocou um funcionário para acompanhá-la. Ela embarcaria à 0h30 desta terça-feira para Miami, no vôo 8090 da TAM - desta vez, na primeira classe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.