Garotinho admite trocar comando das polícias

O secretário estadual de Segurança Pública do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, admitiu na noite desta segunda-feira a possibilidade de realizar mudanças nos comandos das polícias Civil e Militar. As alterações, segundo o secretário, serão conhecidas esta semana. Garotinho, porém, não entrou em detalhes sobre o que pretende fazer. No ano passado, o secretário chegou a condicionar a permanência do chefe de Polícia Civil, Álvaro Lins, e do comandante da Polícia Militar, coronel Renato Hottz, em seus cargos ao cumprimento de metas no combate ao crime. Na manhã desta segunda-feira, ao inaugurar uma delegacia, Garotinho anunciou a exoneração do comandante do 15.º Batalhão (Duque de Caxias), tenente-coronel Hiran de Carvalho, e dosubcomandante da unidade, tenente-coronel Jaime Teodoro dos Santos, por causa de denúncias de corrupção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.