Garotinho ameaça punir administradora de trens

O governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, ameaçou cassar a concessão da Supervias (empresa que administra os trens metropolitanos no Rio), caso a empresa interrompa as operações nos finais de semana e desative estações. Esta foi a solução encontrada pela Supervias para reduzir o consumo de energia elétrica, atendendo as disposições do governo. "Instruí a Agência Reguladora dos Serviços Públicos (Asep) a multar a Supervias, a multá-la de novo se ela insistir e até a cassar a concessão, se for necessário. Trem é serviço essencial", disse o governador. Garotinho também informou que participará da marcha de protesto contra a crise de energia convocada para o dia 13, no Rio de Janeiro, pela OAB e pela ABI. "Eu espero que o povo continue sendo mais eficiente do que o governo, porque está poupando energia e o governo não soube poupar", disse o governador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.