Garotinho anuncia troca de comandos da PM

O secretário estadual de Segurança Pública, Anthony Garotinho, anunciou neste domingo que vai trocar o comando de dez batalhões da Polícia Militar. A mudança foi divulgada logo após o secretário ser informado da morte de dois policiais por traficantes, no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio.Ele determinou a ocupação da região e avisou que a Polícia Civil também deverá sofrer alterações nas próximas semanas. A lista de novos comandantes inclui a nomeação para o Batalhão de Benfica, na zona norte, do tenente-coronel Álvaro Rodrigues, acusado de ter participado de um episódio conhecido como ?muro da vergonha?, em 1997.Na ocasião, policiais militares espancaram moradores da Cidade de Deus e foram flagrados por um cinegrafista amador. Após participar de um culto evangélico, Garotinho disse não haver nenhum problema na nomeação do tenente-coronel, que na época era major. Segundo o secretário de Segurança, Rodrigues pode ser nomeado para o cargo porque respondeu a inquérito e já foi absolvido.Garotinho foi enfático ao afirmar que a mudança de dez comandantes de batalhões da Polícia Militar visa aumentar a produtividade da corporação no combate à violência. ?Ouvi o comandante-geral da PM, coronel Renato Hottz, e ele me disse que precisava fazer algumas mudanças. Eu atendi à solicitação dele?, explicou. ?Nossas metas operacionais e estatísticas já foram fixadas e divulgadas e, a partir do próximo trimestre, esperamos já poder ver gradativamente o resultado que estabelecemos ser alcançado.?Veja o especial:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.