Garotinho destaca morte de 100 bandidos desde que assumiu

O secretário de Segurança Pública do Rio, Anthony Garotinho, destacou hoje, em seu programa numa rádio, a morte de mais de 100 criminosos desde que assumiu o cargo, há menos de duas semanas. ?Nesses 12 dias à frente da Secretaria, mais de 100 criminosos já morreram em confronto com a polícia?, disse o ex-governador do Estado.Segundo ele, ?13 policiais militares foram presos por envolvimento com bandidos, inclusive os que faziam escolta para os ´bondes´ de droga do traficante Fernandinho Beira-Mar (Luís Fernando da Costa, traficante preso, atualmente em São Paulo)?. O secretário anunciou a ampliação do efetivo policial e a aquisição de 224 veículos para o patrulhamento.Comércio fechadoApesar do discurso do secretário, traficantes voltaram hoje a desafiar o poder do Estado. Parte do comércio da Praça Catolé do Rocha, em Vigário Geral, na zona norte, teve de baixar as portas por ordens dos bandidos.Eles exigiram o fechamento do comércio como sinal de luto pela morte de um dos gerentes do tráfico da favela, Carlos André de Souza Lana, o Andrezinho, encontrado morto hoje num carro nas proximidades do Jardim América, num possível confronto de quadrilhas rivais. A Polícia Militar precisou reforçar o policiamento na região com soldados do 16º Batalhão da Polícia Militar, de Olaria, na zona norte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.