Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Garotinho reduz críticas à União após encontro com ministro

O novo secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, reduziu as críticas que vinham sendo feitas pela governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Matheus, à ajuda da União aos Estados na área de segurança pública. Garotinho, que ser reuniu com o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, afirmou que o governo do Rio de Janeiro irá trabalhar em conjunto com o governo federal nas ações de combate à violência no seu Estado. Garotinho admitiu a possbilidade de nomear o atual superintendente da PF no Rio, Marcelo Itagiba - que será exonerado do cargo nos próximos dias -, para a subsecretaria de segurança, na área de inteligência. No encontro com Thomaz Bastos, o ex-governador do Rio descartou qualquer possibilidade de intervenção no Estado, como vinha sendo cogitado dentro do governo federal. O ministro da Justiça também confirmou que esta possibilidade nunca foi cogitada.No entanto, fontes garantiram à Agência Estado que a intervenção era uma das hipóteses levantadas para diminuir a violência no Estado, que foi descartada com a nomeação de Garotinho para a Secretaria de Segurança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.