Garoto de 14 anos morre afogado em escola

O corpo do adolescente Leandro Ricardo de Oliveira, de 14 anos, morador da Vila Alvorada, em Jundiaí, foi resgatado pelos soldados do Corpo de Bombeiros em uma represa da Escola Técnica Estadual Benedito Storani, no bairro do Aeroporto, na tarde desta quinta-feira. Leandro e mais quatro amigos entraram escondidos no colégio para nadar na represa.De acordo com a amiga de Leandro, Ana Paula de Souza, de 14 anos, eles entraram na propriedade na última quarta-feira, às 16 horas, escondidos. Leandro comentou que pretendia dar um último mergulho. Porém, parecia "cansado, mas estava rindo". O garoto acabou afundando e desapareceu. Bombeiros não conseguiram resgatá-lo no mesmo dia. Na manhã desta quinta-feira, parentes protestaram porque os soldados dos bombeiros não apareceram logo ao amanhecer. Apenas à tarde o corpo foi retirado das águas e levado ao Instituto Médico Legal (IML).Segundo a Escola Técnica, ninguém percebeu a entrada dos adolescentes na propriedade.

Agencia Estado,

02 de setembro de 2004 | 16h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.