Garoto de oito anos é atacado por sucuri de cinco metros

O garoto Mateus Pereira Araújo, de oito anos, foi atacado na tarde de quarta-feira por uma cobra sucuri de mais de cinco metros de comprimento e 15 centímetros de diâmetro. Mateus, que passava as férias na fazenda dos avós, em Cosmorama, no interior de São Paulo, mora na capital. Ele brincava com os colegas em um riacho do sítio do avô, Joaquim Pereira, quando a cobra deu um bote e o imobilizou. Os amigos, chamaram o avô do menino. "Quando cheguei, vi meu neto enrolado pela cobra, principalmente no pescoço; achei que ela fosse matá-lo", contou Pereira, que precisou usar um grande pedaço de pau e pedras para atacar a cobra e fazê-la soltar seu neto. "Foi um sufoco, eu puxava ela do pescoço do Mateus, mas ela voltava. Só depois de dar algumas pauladas bem fortes é que consegui", relatou o avô. Mateus foi levado com ferimentos ao pronto-socorro, mas passava bem. Para fechar um dos cortes feitos pelas mordidas da cobra no seu peito foram precisos 21 pontos. Mateus deve voltar para casa neste fim de semana.

Agencia Estado,

08 Fevereiro 2007 | 08h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.