Garoto é morto e outro fica ferido quando brincavam

Duas brincadeiras entre crianças terminaram em tragédia no Espírito Santo. Em Guaxuma, na região rural do sul do Estado, um menino de 11 anos foi alvejado no coração com um tiro de espingarda de fabricação caseira, na terça-feira. O autor do disparo é um amigo dele, de 14 anos. Em Serra, na região metropolitana de Vitória, outro menino de 11 anos teve queimaduras de segundo grau nos braços, pernas e tórax, na noite de anteontem. Os agressores têm 12 e 13 anos e não foram encontrados.Adriano Caminato assistia a um DVD na casa do vizinho, com amigos, quando o menino de 14 anos foi até o quarto dos pais e buscou uma espingarda. "Ele apontou para os colegas e dois deles saíram da sala. Adriano entrou no cômodo e foi alvejado", afirmou o delegado Djalma Pereira. Ele foi socorrido, mas morreu no hospital municipal. O pai do adolescente que fez o disparo vai responder pelos crimes de posse ilegal de arma e falta de cautela no porte de arma de fogo. O Ministério Público encaminhou o menino para a casa dos avós, em Piúma. "O promotor achou melhor afastá-lo dos vizinhos, que estão muito abalados." Segundo o menino queimado em Serra, ele e dois amigos brincavam de jogar gasolina um no outro, nas proximidades do terminal rodoviário, quando um deles acendeu um fósforo. Assim que o menino começou a pegar fogo, os outros fugiram. Seu estado de saúde é estável.

Clarissa Thomé, O Estadao de S.Paulo

22 de janeiro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.