Garoto sobrevive 3 dias em poço sem beber nem comer em GO

Ele caiu na cisterna enquanto brincava num terreno baldio de Luziânia; agente de saúde encontrou o menino

Rubens Santos, O Estado de S.Paulo

18 de julho de 2008 | 18h20

Uma agente de saúde conseguiu resgatar nesta sexta-feira, 18, o menino J. I. R. S., de 8 anos, que caiu há três dias numa cisterna seca. Desidratado, faminto e assustado, o garoto sobreviveu às dores no corpo provocadas pela queda, na terça-feira, quando corria por terreno baldio empinando uma pipa e caiu no buraco, encoberto por mato. O acidente ocorreu no município de Luziânia (GO), a 40 quilômetros de Brasília (DF).   O menino foi descoberto pela agente quando passava pelo local. Ela ouviu um barulho estranho - era J. I. que, mesmo baixinho, ainda pedia por socorro, e há três dias não comia nem bebia líquidos. "Depois que ele saiu para brincar, de manhã, vivi quatro dias de desespero", relatou a mãe do menino, Eliete Raposo do Carmo. "Parece que a cada dia de angústia eu morria de tanta dor no peito, fiquei desesperada", comentou. Segundo o padrasto do garoto, Jaime Cortez, a casal pensava em registrar uma ocorrência de seqüestro.   Levado ao Hospital Regional de Luziânia, J. I. passou por exames e foi internado para observação e reidratação. Além da debilidade física, os médicos localizaram hematomas, mas nenhuma fratura. O garoto vai passar o final de semana em casa, onde os pais pretendem fazer uma festa de boas-vindas. "É como se ele estivesse morto e ressuscitasse", disse o pai adotivo.   Outro poço   Acidentes envolvendo crianças e cisternas revelou um herói, no início do mês. G. S., de 12 anos, caiu numa cisterna com mais de 10 metros de profundidade, no Jardim das Oliveiras, em Senador Canedo (GO), quando empinava pipas. Depois de gritar muito por socorro, resolveu por em prática a técnica da escalada, empregada para salvamento, e aprendida durante o curso do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás. Saiu da cisterna e salvou a própria vida.

Tudo o que sabemos sobre:
bombeiroscisternaGoiânia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.