Garotos roubam pote de geléia e são torturados em MS

O proprietário de um supermercado da periferia de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, Denis Xavier da Silva, 30 anos, e mais dois funcionários torturaram durante quase duas horas dois garotos de 14 e 15 anos que furtaram um pote de geléia de mocotó do estabelecimento. A sessão de tortura aconteceu nos fundos do supermercado. Vizinhos ouviram os gritos das vítimas e chamaram a polícia. Soldados da Força Tática do 10º batalhão de PM que atenderam a ocorrência nesta quinta-feira, 12, pela manhã, disseram que os adolescentes estão com lesões na boca, costas, braços, pernas e nuca. Os jovens foram chicoteados com fios metálicos e receberam choques elétricos no corpo, ajoelhados em uma poça de água. Denis Xavier da Silva e seus empregados, Josilei Silva Almeida, 32, e Anderson Gomes, 24, foram presos em flagrante.

Agencia Estado,

12 Abril 2007 | 19h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.