Gato invade subestação, provoca curto e deixa 30 mil sem luz em Porto Alegre

Zona norte da capital gaúcha ficou sem energia na tarde de domingo; hoje pode haver instabilidades

Priscila Trindade, estadão.com.br

22 Agosto 2011 | 08h02

SÃO PAULO - Um gato entrou na Subestação Porto Alegre 2 (SE PAL 2) e causou a interrupção de energia para cerca de 30 mil clientes da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE), no domingo. Por volta das 14h40, o bichano invadiu o local, na Avenida Pátria, e provocou um curto-circuito no banco de capacitores, ocasionando a queima de todos os equipamentos de proteção e três transformadores foram desligados.

 

O incidente causou, ainda, o desarme da Subestação Porto Alegre 1 (SE PAL 1), na Avenida Plínio Brasil Milano, esquina com a Avenida Andaraí. Inicialmente, foram afetados cerca de 30 mil clientes na zona norte da capital.

 

Por volta das 17 horas, o fornecimento de energia foi restabelecido para parte dos clientes, mas ainda 14 mil imóveis ficaram sem luz. O serviço voltou ao normal às 18h24. Mesmo após esse horário, os trabalhos para reconstrução dos sistemas de proteção continuou na SE PAL 2 e é possível que parte dos consumidores tiveram instabilidades no fornecimento. Equipes de manutenção trabalharam na recomposição da PAL 2 durante toda a madrugada.

 

É possível que ocorram novas quedas de energia no período da manhã desta segunda-feira, 22. Casos de falta de energia podem ser informados para a CEEE por meio do 0800 721 2333 our por mensagem de texto do celular. Para utilizar basta enviar a palavra "luz" e o número da instalação para o número 27307.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.