Gaviões da Fiel abre desfiles em São Paulo

É hoje o dia. A Gaviões da Fiel abre os desfiles do carnaval paulistano partir das 23h15. No desfile de hoje, sete das oito escolas de samba já tiveram o gosto de ostentar o título de campeã da festa de Momo. Se a sexta-feira já costuma atrair mais foliões - muitos pegam a estrada a partir de sábado -, a ordem dos desfiles definida em sorteio reforçou essa característica. A própria Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo diz que o sorteio acabou privilegiando a primeira noite. "As escolas mais tradicionais ficaram na sexta. Vamos fazer um sorteio dirigido no próximo ano", disse o presidente da entidade, Alexandre Marcelino Ferreira. "Isso acabou se refletindo na venda dos ingressos." Segundo a Dimep Gráfica, responsável pela venda das entradas, ainda ontem era possível encontrar ingressos para ver o desfile de sábado em todos os setores. Em compensação, os de hoje se esgotaram na semana passada. Restaram apenas lugares do Vip Club e Special Club, a partir de R$ 600,00, e eventuais desistências para outros setores. Disputa Tanta procura tem explicação no histórico da folia paulistana. As agremiações da terra da garoa disputaram pela primeira vez um campeonato oficial em 1968. Nesses 38 anos, o título foi dividido por duas escolas em seis. A Vai-Vai lidera o ranking de vitórias, com 12 desfiles campeões. Mas o grito está preso na garganta desde 2001, último ano de consagração para a agremiação do Bexiga. Na seqüência, vem a Camisa Verde e Branco. O mais recente dos nove títulos da escola da Barra Funda foi conquistado há tempos, em 1993. A última colocação destacada, um vice-campeonato, foi obtida em 2002, por 0,5 ponto de diferença para a Gaviões da Fiel. Os corintianos, por sinal, retornam ao Grupo Especial e abrem a noite das escolas mais tradicionais. Com quatro títulos, a Gaviões se consolidou como potência do carnaval paulistano. Vem logo atrás de Rosas de Ouro (6 vitórias), Mocidade Alegre e Nenê de Vila Matilde (5). Fechando o rol de campeãs da primeira noite, a Império de Casa Verde tentará repetir o feito de 2005 e conquistar o bicampeonato. No sábado, quem abre o desfile é a tradicional Unidos do Peruche, que ostenta alguns vice-campeonatos (o último em 1990), mas enfrenta fase de altos e baixos. Das oito escolas desta noite, apenas a X-9 Paulistana teve o gosto, em 1997 e em 2000, de vencer o carnaval. E a Unidos de Vila Maria, com um belo quarto lugar em 2005, é outra atração.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.