GCE não falará sobre apagão; ONS trata do assunto

A Câmara de Gestão da Crise de Energia Elétrica (GCE) não deverá se pronunciar sobre o blecaute que atingiu hoje as regiões Sul, Sudeste e parte do Centro-Oeste. Conforme a assessoria da GCE, o blecaute está sendo tratado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), que está dando prioridade total para restabelecer o fornecimento de energia elétrica.Segundo a assessoria, o presidente da GCE, ministro Pedro Parente, está sendo informado pelos técnicos do ONS sobre as apurações do incidente. Parente não dará entrevista, segundo a assessoria, e nem divulgará nota sobre o assunto por entender que tal função é do ONS, que controla o fornecimento de energia no País.A assessoria informou ainda que o apagão não tem nenhuma relação com o racionamento de energia. A GCE deverá se reunir amanhã para detalhar as 18 medidas de revitalização do setor elétrico. Está marcada também para as 12 horas uma entrevista coletiva com os dirigentes da GCE. Não foi detalhado o conteúdo da entrevista.

Agencia Estado,

21 de janeiro de 2002 | 16h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.