GCM encontra carro de taxista morto de madrugada em SP

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Franco da Rocha, na Grande São Paulo, encontrou, por volta das 6h30 da manhã desta terça-feira o táxi Fiat Uno de quatro portas, de Lázaro Vieira de Souza, de 47 anos, assassinado durante a madrugada.Segundo a GCM, o veículo foi abandonado na Rua Peixoto Gomide, no bairro Pouso Alegre, próximo ao local do crime. Os policias trabalham com a tese de latrocínio, pois foram roubados o toca-CD e a carteira do taxista. De acordo com os guardas, Souza teria sido morto por um passageiro que embarcou em seu táxi no centro da cidade.Segundo a Guarda Municipal, Lázaro estava parado em um ponto na região central da cidade, próximo de um bar, quando o rapaz que se passara por passageiro chegou e solicitou uma corrida ao colega de Lázaro. O outro taxista se negou a levar o suposto passageiro, que estaria embriagado, mas Souza teria se sensibilizado e resolveu fazer a viagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.