Gênero está em evidência, diz ministra

O eleitor não votará nos candidatos à Presidência por serem homens ou mulheres, afirma a ministra Nilcéa Freire (Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres). Porém ela acredita que as candidaturas de Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PV) neste pleito colocam a questão do gênero em maior evidência. "Ser mulher não pode ser impeditivo para que uma pessoa desempenhe o papel de presidente."

, O Estado de S.Paulo

12 de julho de 2010 | 00h00

Petista, Nilcéa colabora com a campanha de Dilma Rousseff em discussões referentes a políticas públicas para mulheres. Ao opinar sobre quais questões do gênero deveriam ser prioritárias num eventual governo Dilma, ela cita a violência contra a mulher e a igualdade de condições entre homens e mulheres no mercado de trabalho.

Está em tramitação no Congresso a chamada Lei da Igualdade. A proposta final ? levada ao plenário, mas ainda não votada ? foi negociada entre parlamentares e o Executivo. O projeto de lei estabelece que toda mulher deve ter condições de acesso ao mercado de trabalho em igualdade de condições, "inclusive remuneratória". / M.D.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.