Gerente de banco é mantido refém por assaltantes em Itupeva

Uma suposta quadrilha tentou assaltar, na madrugada desta sexta-feira, 6, a única agência do banco Itaú em Itupeva, interior de São Paulo. O gerente do banco, Marco Antônio de Oliveira, 32, e seus familiares ficaram reféns por pelo menos seis horas. Ninguém ficou ferido.Segundo informou a Polícia Militar de Itupeva, Oliveira foi feito refém por volta das 19 horas desta quinta-feira, 5, no bairro Caxambu, em Jundiaí, onde mora com sua família. Dois assaltantes ficaram em sua residência com ao menos dois parentes do gerente. Outros dois suspeitos seguiram para Itupeva com o gerente no começo da madrugada. A agência fica no centro.Os assaltantes teriam ordenado que Oliveira desligasse o alarme que, ao contrário, foi acionado, segundo informações registradas no plantão da PM. A polícia também recebeu denúncia anônima de que suspeitos estariam perto da agência bancária em um Escort. Policiais perseguiram o carro por dois quilômetros. Durante a tentativa de fuga, um dos assaltantes jogou um revólver calibre 38 pela janela do veículo. Um quinto assaltante, que estaria em um Golf, segundo a polícia, percebeu a captura dos suspeitos que estavam no Escort e fugiu. Os dois assaltantes que estavam com familiares de Oliveira também conseguiram fugir.

Agencia Estado,

06 de outubro de 2006 | 12h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.