Gerente do Club Med morre em queda de monomotor

Um acidente com um avião monomotor da empresa de táxi aéreo Sky ocorrido na madrugada deste Domingo no município de Eunápolis, no extremo-sul da Bahia, matou o gerente dos hotéis Club Med da Ilha de Itaparica e Praia de Troncoso em Porto Seguro, Said Benaji, de 33 anos. O piloto da aeronave Ricardo Rodrigues da Silva, de 26 anos, sofreu escoriações leves.Chovia muito quando o avião decolou de uma pista do bairro de Juca Rosa em Eunápolis com destino a Salvador por volta das 4 da madrugada. A cinco quilômetros do local o piloto não conseguiu prosseguir a viagem devido às condições climáticas e tentou um pouso de emergência num terreno descampado, mas o avião bateu numa pedra ou no toco de alguma árvore. Com o impacto, o assento de Benaji desprendeu-se da aeronave e foi projetado para fora. Ao cair o executivo quebrou o pescoço.Um vaqueiro da região que viu o acidente chamou a polícia militar para realizar o resgate o que foi feito três horas depois do acidente. O piloto estava preso às ferragens, mas foi retirado com ferimentos leves. O corpo de Benaji, que é cidadão marroquino e estava no Brasil havia dois anos, foi levado para o instituto médico legal de Eunápolis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.