Gil Rugai, suspeito de matar o pai, entrega-se à polícia

Gil Rugai, o rapaz de 20 anos suspeito de ter matado o pai, o publicitário Luiz Rugai, entregou-se, esta tarde, à polícia, segundo informação oficial. Gil teria atirado no pai, de 40 anos, e na madrasta, Alessandra, de 33, na casa deles em Perdizes no domingo da semana passada. Segundo informações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o advogado de Gil, Fernando José da Costa, negociou sua prisão com a polícia. O rapaz deverá prestar depoimento no DHPP e cumprirá prisão temporária de quinze dias, prorrogáveis por mais quinze.

Agencia Estado,

06 de abril de 2004 | 17h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.