Goiano que teria matado inglesa é psicopata

A Junta Médica Oficial do Poder Judiciário considerou que o goiano Mohammed D?Ali Carvalho dos Santos, acusado de matar a inglesa Cara Marie Burke, é psicopata. O laudo com a constatação foi entregue ontem ao juiz Jesseir Coelho de Alcântara, da 1ª Vara Criminal de Goiânia. Esse resultado poderá reduzir de um a dois terços a pena do jovem, caso seja condenado. O Ministério Público ainda pode contestar o laudo. O crime ocorreu em 26 de julho de 2008. Santos é acusado de esfaquear a inglesa de 17 anos e esquartejar o corpo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.