Gol é multada por não cuidar de criança

A Gol foi condenada a pagar multa de 10 salários mínimos por não ter cuidado de uma criança de 10 anos sob sua responsabilidade. O valor foi fixado pela 1ª Turma Criminal do TJDFT. O caso aconteceu em 2006. A criança seguia para Belém e foi confiada ao serviço de transporte de menores desacompanhados da Gol, em Brasília. O voo foi cancelado e a criança passou 30 horas no aeroporto, onde dormiu num sofá e recebeu apenas uma refeição. Para o TJDFT, a conduta da Gol acarretou danos emocionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.