Gol recebe pertences das vítimas do acidente com o Boeing

A Força Aérea Brasileira (FAB) entregou para a Gol os pertences dos passageiros que estavam no vôo 1907, que caiu após choque com o jato Legacy, no dia 29 de setembro no Mato Grosso, matando os 154 ocupantes da aeronave. Segundo comunicado da Gol divulgado nesta sexta-feira, 24, o material ficará aos cuidados da companhia, conforme determinação da Polícia Federal (PF). O material chegou a Brasília na noite de quinta-feira, 23. Em nota, a companhia aérea diz que "já comunicou as famílias sobre o recebimento e, após o período necessário para que os objetos sejam limpos, esterilizados, fotografados e catalogados, entrará em contato com cada uma delas para providenciar a devolução dos pertences que as equipes de resgate conseguiram localizar".Na quarta-feira, Instituto Médico-Legal (IML) de Brasília identificou o último passageiro que faltava. O bancário Marcelo Paixão Lopes, de 29 anos, foi identificado por meio de exame de DNA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.