Goleiro Bruno desmaia durante audiência em Minas Gerais

Justiça começou a ouvir 21 testemunhas que prestam depoimento sobre sumiço de Eliza

Eduardo Kattah, de O Estado de S.Paulo,

06 Outubro 2010 | 11h20

SÃO PAULO e BELO HORIZONTE - O ex-goleiro do Flamengo, Bruno de Souza Fernandes, passou mal e desmaiou na manhã dessa quarta-feira, 6, durante audiência sobre o caso envolvendo o desaparecimento de Eliza Samudio, sua ex-amante.

 

Conforme relatos, Bruno chegou a cair no chão e vomitou. Ele foi socorrido pelo advogado Ércio Quaresma e pelo amigo e também réu Luiz Henrique Romão, o Macarrão. Bruno deixou o Fórum de maca e em seguida foi encaminhado pelo Corpo de Bombeiros para uma Unidade de Atendimento Integrado (UAI) localizada nas proximidades.

 

Ele foi atendido durante 30 minutos, acompanhado pela avó e uma tia. Conforme as primeiras informações, o goleiro sofreu um caso de hipoglicemia e aumento de pressão causado por estresse. Após autorização da juíza Lucimeire Rocha, da 3ª vara criminal, Bruno deve retornar para a Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, onde ficará em repouso por 24 horas. 

 

A audiência começou por volta das 10 horas no Fórum de Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG), a Justiça ouve 21 testemunhas que deverão prestar esclarecimentos sobre o caso.

 

Duas testemunhas são somente de acusação, três foram arroladas tanto pela acusação quanto pela defesa e 16 são apenas de defesa.

 

(COM JÚLIA BAPTISTA, da Central de Notícias)

 

Atualizado às 16h44 para acréscimo de informações

Mais conteúdo sobre:
caso Bruno

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.