Governador de Rondônia adere à campanha de Alckmin

O candidato da coligação PSDB-PFL à Presidência da República, Geraldo Alckmin, reuniu-se nesta quarta-feira com o governador eleito de Rondônia, Ivo Cassol (PPS). Os dois se encontraram no bairro do Morumbi, mas a imprensa não teve acesso e não pode fotografar a reunião, que marcou a adesão formal de Cassol à candidatura tucana.Depois do encontro, o governador conversou com alguns repórteres, por telefone, e descartou que a reunião realizada sem a presença da imprensa fosse em razão das denúncias que atingiram seu ex-colaborador e ex-vice em sua chapa, Carlos Magno Ramos, preso pela Polícia Federal durante a Operação Dominó, e provocasse nos correligionários algum tipo de incomodo, tal como ocorreu com a adesão do casal Garotinho.Cassol disse que o encontro ocorreu sob esse clima porque ele não gosta de holofotes. "Não gosto de holofotes, mas vou ajudar a campanha de Alckmin", disse ele.O governador disse também que conversou com Alckmin a respeito dos projetos para seu Estado, dentre eles a recuperação das estradas. "O Lula abandonou as nossas estradas", criticou Cassol.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.