Governador de SP anuncia investimentos na Baixada Santista

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou investimentos da ordem de 250 milhões de dólares para serem aplicados em um programa de recuperação da rede de tratamento de esgoto nos municípios da Baixada Santista. "O Japan Bank dará 150 milhões de dólares e o Governo do Estado, 100 milhões de dólares", disse. "Quando concluído, o conjunto de obras fará com que 95% das casas tenham esgoto tratado". Alckmin ainda contou que terá um encontro com parlamentares da região na próxima segunda-feira, para discutir um meio de convencer o Governo Federal a instalar em Santos uma base operacional de apoio à extração do gás descoberto há poucos meses na Bacia de Santos. "Vamos fazer um mutirão, juntar forças". Técnicos da Petrobrás encontraram uma jazida de 400 bilhões de metros cúbicos de gás na Bacia de Santos. Para extrair o produto, é necessário um investimento elevado. Alckmin esteve recentemente em Brasília, no Ministério das Minas e Energia, e na sede da Petrobrás, para pedir que o projeto seja instalado. "Precisamos transformar esse gás em dinheiro".Para se ter uma idéia da dimensão da jazida de gás encontrada em Santos, o Estado de São Paulo consome atualmente 11 milhões de metros cúbicos de gás diariamente; no Brasil, esse número sobe para 23 milhões de metros cúbicos todos os dias. "Só com o gás da Baía de Santos, poderíamos consumir o dobro de gás todos os dias por 30 anos, que ele não acabaria". Outro fator indicado por Alckmin é o econômico. "O preço do metro cúbico no País cairia pela metade", afirma. Boa parte do gás consumido no Brasil vem da Bolívia e esse transporte encarece o produto. Serra Velha - Alckmin confirmou que o antigo Caminho do Mar será reaberto no início de abril, totalmente recuperado, para passeios monitorados. "É uma obra muito bonita, que mostra a beleza da Mata Atlântica". Ele explicou que haverá cinco tipos de passeios.Na solenidade que marcou o início das obras de um conjunto habitacional no Centro de Santos, perte de um projeto que visa erradicar os cortiços, Alckmin acionou o bate-estaca, simbolicamente. O prefeito Beto Mansur aproveitou para pedir a municipalização da Escola Andradas, que pertence ao Estado. Por fim, a comentada lista que Pelé elaborou com os principais nomes do futebol mundial ganhou mais um desafeto. "Acho que aquela linha do Santos deveria estar na relação", disse. "Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe são nomes que não poderiam faltar".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.