Governador interino de SC quebra a perna durante missa

Jorginho Mello caiu de palco junto com mais 10 pessoas, sofrendo fissura na tíbia e crise de hipertensão

Efe,

12 de outubro de 2009 | 16h08

O governador interino do estado de Santa Catarina, Jorginho Mello, quebrou a perna quando o palco, de onde via uma missa de comemoração do dia de Nossa Senhora Aparecida junto com outras autoridades, desabou na cidade de Florianópolis.

 

Veja também:

mais imagens Galeria de fotos da comemoração em São Paulo

 

Mello teve uma fissura na tíbia e uma crise de hipertensão por causa do acidente no camarote de dois metros de altura, de onde caíram dez pessoas.

 

Mello é deputado estadual e está como governador em exercício porque o titular Luiz Henrique e seu vice e Leonel Pavan estão em viagem ao exterior.

Além do acidente em Florianópolis, centenas de missas e procissões foram celebradas nesta segunda-feira para comemorar o dia de Nossa Senhora de Aparecida.

Na principal festa para a padroeira no país, em Aparecida, no interior de São Paulo, passaram cerca de 150 mil pessoas ao longo do dia.

O governador paulista José Serra uniu-se aos 40 mil fiéis que assistiram à missa das 10h, celebrada pelo arcebispo da Bahia, Geraldo Majella Agnelo.

No Rio de Janeiro, outras 15 mil pessoas participaram de uma missa rezada pelo cardeal Orani Tempesta.

Também houve concentrações de fiéis ao redor do Cristo Redentor, onde o próprio Tempesta realizou missa para comemorar os 78 anos da estátua.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.