Governador promete dar casas e terras aos atingidos

O governo do Piauí vai dar terras e casas para quem perdeu tudo na tragédia de Cocal da Estação. O governador Wellington Dias (PT) irá hoje a Brasília, onde terá reunião no Ministério da Integração Nacional para tratar sobre habitações e outras providências para ajudar as famílias. Wellington Dias informou que são 1.050 famílias atingidas e, dessas, 770 tiveram as casas destruídas. Ainda existem muitas famílias em áreas de risco, que terão as moradias reconstruídas. "Estamos trabalhando para começar esse trabalho nos próximo 15 dias, dar acesso para as comunidades que ainda estão isoladas. Queremos definir onde serão construídas as novas moradias, por onde vão passar as novas estradas e reerguer a linha de transmissão de energia", afirmou Dias. Ele disse que está sendo acertado o cronograma de trabalho. "Já estamos solucionando o problema do abastecimento de água, de energia e estamos viabilizando o acesso para as comunidades isoladas. Isso deve ser feito o mais breve possível", emendou. "Teve família que perdeu tudo, até mesmo a terra, que virou leito do rio. Teremos de dar uma solução com outra terra para trabalharem. Estamos vendo isso para ser feito de forma legal. As pessoas perderam tudo, as casas, os documentos, a terra, os animais, a safra e vamos encontrar uma forma de auxílio e compensação", frisou o governador. Segundo Dias, o governo planeja a distribuição de cestas de alimentos até a reconstrução das casas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.