Governo confirma construção de CDPs em Franca e Serra Azul

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) negou nesta segunda-feira, 31, a construção de penitenciárias nas cidades de Franca e Serra Azul, conforme noticiou o Estado. A secretaria, no entanto, confirmou a intenção de construir um Centro de Detenção Provisória (CDP) em cada uma das cidades, com recursos do governo federal.De acordo com a assessoria de imprensa da secretaria, os dois centros, com capacidade para 768 detentos cada, já estão sendo licitados. Em Franca, a SAP terá que esperar ainda a aprovação do Relatório de Impacto Ambiental (Rima) para iniciar as obras.Em Serra Azul, o CDP será construído perto de duas penitenciárias estaduais, às margens da rodovia Abrão Assed, entre Serrana e Serra Azul, em área já pertencente ao governo estadual, adquirida em pagamento de dívida de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).O secretário de Governo de Franca, Odair Belarmino Tristão, disse que a administração municipal aprova a construção do CDP, porque abriga detentos em prisão preventiva, e da própria região. Também porque há "carência de vagas" na região. O prefeito de Serra Azul Wilson Egydio dos Santos, "aceita" o CDP, mas não quer ouvir falar em presídio.Com pouco mais de 10 mil habitantes, Serra Azul já abriga cerca de 2 mil presos em duas penitenciárias com capacidade para 768 detentos cada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.