AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Governo de Pernambuco terá de pagar pensão a ex-detento

Preso por 19 anos, sem culpa, por erro judicial, o ex-mecânico Marcos Mariano da Silva, de 57 anos, vai receber pensão mensal de R$ 1,2 mil do governo estadual até ser indenizado em R$ 4 milhões, valor determinado pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ-PE). O governador Mendonça Filho (PFL), vai sancionar na tarde desta quinta-feira, 4, a lei que autoriza o pagamento da pensão indenizatória.Marcos Mariano foi preso em 1976, no município do Cabo de Santo Agostinho, no litoral sul, acusado de homicídio. Passou seis anos na prisão até ser encontrado o verdadeiro culpado. Neste período, foi abandonado pela mulher e filhos. Libertado, voltou a ser preso em 1985 porque a polícia entendeu que ele havia violado uma liberdade condicional. Ficou outros 13 anos preso, desta vez no Presídio Aníbal Bruno, sem direito a defesa nem a banho de sol. Ele perdeu a visão durante a detenção e foi libertado em 1998, depois que o então diretor do Aníbal Bruno descobriu que ele era inocente. Marcos Mariano entrou na justiça contra o governo de Pernambuco por danos morais e ganhou a causa. O Tribunal de Justiça estadual determinou o pagamento da indenização. O Estado recorreu da decisão, alegando não dispor dos recursos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.