Governo de SP deve assumir duplicação da Raposo Tavares

O governo do Estado pode assumir a duplicação da Rodovia Raposo Tavares na região de Sorocaba se a concessionária Viaoeste não retomar as obras até o fim do mês. Esta é uma das cláusulas previstas no contrato de concessão, mas a empresa alega que não tem dinheiro para tocar o projeto. Desde janeiro, os serviços estão paralisados e a Viaoeste quer renegociar o contrato de concessão com o governo. Com a paralisação da obra, a empresa está recebendo multa diária de R$ 172 mil. Se a Viaoeste não pagar essas multas, o governo as cobrará dos bancos que ofereceram as garantias à concessionária e reiniciará a duplicação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.